Sucos verdes e desintoxicantes

jugo fresh 3 jugo fresh jugofresh2

Quem me segue no Instagram (@blogmiamidomeujeito) viu que quando estava em LA,  fui ao Glow, o lugar preferido dos famosos para tomar os sucos verdes, moda que continua fortissima por lá. Como não podia deixar de ser, aqui em Miami a moda pegou e os juice bars estão por toda parte.

Entre os melhores lugares para experimentar os green juices estão o Jugo Fresh em Miami Beach, o supermercado Wholefoods  (com várias lojas na cidade)  e a Bee Hive na Bird Road.

A Jugo Fresh é o lugar da moda, oferecendo uma variedade grande de sucos, inclusive para viagem. No Wholefoods,  eu normalmente peço o Kalelicious, uma batida que leva limão, maça, banana, espinafre, um tipo de couve crespa chamada kale e  muito gelo (eu juro que é gostoso).

A Bee Hive, uma lanchonete simples no fundo de uma loja de produtos naturais na Bird Road, nao é nada badalada mas seu green juice é super bem feito e bem mais baratinho.

E no Brasil, esta moda já chegou?

Anúncios

Restaurantes novos

Swine01swine Coral Gables não é South Beach. Sendo um bairro mais tradicional e menos turístico, as coisas acontecem mais devagar, sem aquela urgência de se tornar badalado. Mas no último mês, o centrinho de Coral Gables viu a abertura de dois restaurantes que prometem trazer um pouco da badalação de Miami Beach para a cidade. O Bulla e o Swine Southern Table & Bar são casas jovens, modernas e com ambiente bem animado.

O Bulla é espanhol, servindo tapas que misturam tradição com as tendências moderninhas de preparo que são moda ultimamente. A maior atração do local é o bar, que fica logo a entrada do restaurante, e onde a clientela de todas as idades se reúne para beber alguma coisa e beliscar.

O Swine, que fica quase em frente do Bulla na avenida Ponce de Leon, é dos mesmos donos do Yardbird (post aqui), e segue a mesma linha, servindo comida e drinques inspirados pela culinária tradicional do sul dos Estados Unidos. O ambiente é moderninho mas sem ser pretensioso, e os pratos são preparados com ingredientes autênticos provenientes de fazendas da Georgia e do centro da Flórida. Embora o menu tenha um pouquinho de tudo,  a maioria dos pratos revolvem em torno de carnes: no dia em que jantei  lá, o destaque ficou para o peito bovino defumado (smoked brisket) preparado no estilo do Texas, e para a costelinha de porco com molho de barbecue à moda de Memphis.

A lista de coquetéis é extensa, e a maioria usa como base os Bourbons e Whiskeys americanos. O brunch de domingo, servindo waffles, panquecas com geleia caseira e sanduíches de carne desfiada, é a novidade para o verão. O Swine não aceita reservas, e como já caiu nas graças da moçada descolada, melhor ir preparado para esperar um pouco.

Meus restaurantes favoritos de 2012

Acompanhar os restaurantes da moda em Miami não é fácil e agora no fim do ano, achei uma boa ideia dar uma olhada naqueles que recomendei em 2012 e ver quem continua legal, já entrou em decadência ou até fechou. A listina abaixo inclui os meus favoritos de 2012 que continuam bombando:

the bazzar

O The Bazaar que abriu no hotel SLS no verão, é filial do famoso restaurante de Los Angeles e depois de seis meses aberto, ele continua frequentado por uma mistura de locais e turistas e oferecendo um ambiente animado e qualidade na comida. Eu fiz uma resenha completa assim que ele abriu e continuo recomendando pruma noite divertida, principalmente em grupo.

Cecconi’s– chique e bem frequentado e com comida deliciosa, o Cecconi’s continua sendo um dos meus favoritos.

Yardbird– casual e super lindinho, com boa comida e preços, recomendadíssimo.

juvia-terrace

Juvia– quem leu o meu post, percebeu que eu não amei a comida, mas o terraço do Juvia continua bombando. Uma ótima opção pra drinks.

makoto

E pra quem gosta de comida japonesa, a minha recomendação é o Makoto no shopping Bal Harbour, que nunca decepciona.

Programa para o almoço de domingo: Joe’s Stone Crabs

joes-2

Os stone crabs são caranguejos típicos do sul da Flórida que aparecem nos menus de quase todos os restaurantes em Miami de outubro a maio, e o melhor lugar para experimenta-los é o super tradicional Joe’s Stone Crabs. Em Miami desde 1913, o Joe’s é um daqueles restaurantes que todo mundo adora e onde há sempre filas enormes pois não aceitam reservas.

joes2

Nos dias de semana, o almoço é muito concorrido, sempre com uma mistura de turistas e de moradores da cidade. Embora o restaurante feche aos domingos, o Joe’s Take Away fica aberto, onde a gente pode comprar tudo prum piquenique ou para comer ali mesmo (o takeaway é grande com mesas, bar e muito movimento).

Além dos caranguejos e dos acompanhamentos tradicionais de pão preto e cole slaw, uma boa pedida é comprar uma garrafa de vinho e o take away  tem um monte de opções de qualidade e com bons preços.

Restaurante badalado: Estiatorio Milos

Ontem fomos experimentar o Milos, um restaurante novo que já se tornou um dos mais badalados da cidade, sendo frequentado por famosos e pelo pessoal que quer ver e ser visto.

Localizado na pontinha mais sul de Miami Beach, uma área conhecida como South of Fifth, o restaurante oferece uma opção sofisticada para quem gosta da cozinha grega. O restaurante é belamente decorado, com duas salas principais e um terraço, mas é o bar animado e o freezer, onde peixes e frutos do mar, importados diariamente do Mediterrâneo, ficam expostos, que chamam a atenção.

O cardápio traz pratos da cozinha internacional, tais como o sashimi de atum, tartar de salmon e lagosta, mas o foco são as opções da cozinha grega tradicional, e os peixes, que você pode escolher inteiro e determinar a forma de preparo. Vale notar que os peixes e frutos do mar são vendidos por quilo e que os preços são bem salgadinhos. Afinal, não deve ser barato trazer peixe diariamente de avião. O meu conselho? Pergunte o preço antes de escolher.

As entradas vão de USD $10 a USD $29 e os pratos principais de USD $41 a USD $61. Muitos dos pratos são bem fartos e podem ser divididos, mas mesmo assim, a conta, com uma garrafa de vinho grego de preço médio, dificilmente sai por menos de USD $100 por pessoa.

Quem procura uma opção mais barata de cozinha grega, deve experimentar o Mandolin Aegean Bistro.

Scarpetta: italiano sofisticado no hotel Fountainebleau

Pra celebrar nosso aniversário de casamento, escolhemos jantar ontem no Scarpetta, o italiano do Fountainebleau. Eu não sou super fã do hotel, porque é imensos com literalmente milhares de apartamentos e aquela sensação de que você está num navio, com gente pra lá e pra cá.

Mas tenho que admitir que as piscinas de frente pro mar estão entre as mais bonitas de Miami, e pra quem procura um hotel com tudo dentro, restaurantes, balada, spa, ele é uma boa pedida.

Em minha opinião, a grande atração do Fountainebleau são seus oito restaurantes e entre eles, o Scarpetta é o melhor. Primeiro, o ambiente é lindo, principalmente o bar. Vale a pena chegar um pouco antes da reserva e escolher uma das mesinhas para bebericar, observar o movimento e admirar a decoração, extremamente bem realizada seguindo um tema náutico.

O cardápio para lá de interessante combina clássicos, como steak tartar com ovo de codorna, com pratos contemporâneos como o hamachi cru. As pastas são de ótima qualidade, e mesmo as mais simples, como o espaguete ao molho de tomates, tem um toque sofisticado no preparo.

Nós escolhemos compartilhar o hamachi e o agnelotti de carneiro como entradas e como prato principal, eu fui de steak tartare e o marido de pato. Todos os pratos foram preparados perfeitamente, o hamachi com um toque de sal grosso e ervas, e o agnelotti levando  menta para contrastar com o carneiro. Pra quem gosta de pato, o daqui figura entre os melhores de Miami, de acordo com o marido, que se diz especialista.

A lista de vinhos do Scarpetta e seríssima e com preços altos, mas há algumas opções razoáveis como o Chianti Clássico ou o Super Tuscan. Com uma garrafa de vinho de preço médio, um jantar no Scarpetta sai por cerca de US$ 85 por pessoa.

Dicas de Sunny Isles

Um amigo e leitor do blog está planejando passar uma semana em Miami no fim do ano e escolheu ficar em Sunny Isles. Então eu resolvi fazer uma listinha com as minhas dicas daquela região que espero sirvam pra ele e pra vocês também.

Com Bal Harbour ao sul, Aventura ao oeste e Golden Beach e Hollywood ao norte, Sunny Isles é um bairro rodeado de coisas legais. Quando eu me mudei pra Miami, Sunny Isles era cheio de prédios velhinhos e de gente aposentada, mas nos últimos cinco anos, a cidade (que na verdade é um município mais ou menos independente de Miami) se modernizou, com hotéis e prédios de luxo. Como tem muito apartamento pra temporada naquela área, não é difícil alugar um em um perto da praia por cerca de 150 dólares por dia. O site Airbnb, que eu usei pra alugar um apartamento em Paris, tem alguns em Sunny Isles.

Restaurante- na minha opinião, um dos melhores italianos de Miami é o Timo, que fica em num strip mall, aqueles pequenos shoppings que dão de frente pra avenidas, em Sunny Isles. Vale a pena ir ao Timo mesmo quem não estiver hospedado por perto. A cozinha é autêntica, o espaço aconchegante e as massas e  pizzas, de massa fininha, são uma delícia.

Farmácia Chique- pra quem gosta de comprar cosméticos em farmácia (e quem não gosta), fica em Sunny Isles uma Walgreens com um setor de beleza super diferenciado. A Look Boutique, parece uma mini Sephora, com marcas não encontradas em outras farmácias, tais como La-Roche Posay, Vichy, Rilastil, etc. Eles vendem também uma selecao enorme de esmaltes da OPI e eu comprei aquele produtinho pros cílios, o Lipocils, lá.

Eu super recomendo essa farmácia, embora seja meio longe de outras partes da cidade como Miami Beach ou Brickell. Acho até que vou dar uma passada nesse fim de semana e faço um post com mais detalhes pra vocês.

Mercado gourmet- o Epicure, um mercado gourmet que tem anos de tradição em Miami Beach, abriu recentemente em Sunny Isles. Tudo é delicioso e o destaque vai pra padaria e pros pratos prontos, principalmente os típicos judaicos. As carnes, caríssimas, estão entre as melhores de Miami. A melhor torta de maça também!

Gostaram de Sunny Isles? Qual sua região favorita de Miami?

Restaurante da moda: Juvia

Acompanhar os restaurantes descolados em Miami dá um trabalhão porque eles, como a moda, mudam a cada estação. O Juvia despontou nesse verão e promete manter o status pelo menos até o fim do ano. Localizado na penthouse do prédio 1111 Lincoln, famoso por incorporar uma garagem desenhada pela firma de arquitetura Herzog & de Meuron, o atrativo é mesmo o ambiente que enche os olhos: um terraço à céu aberto que incorpora uma parede verde criada pelo famoso botanista Patrick Blanc, o salão principal com cozinha aberta e um bar animado, e vistas maravilhosas de Miami Beach.

A cozinha fica sob o comando de chefes provenientes de restaurantes famosos, inclusive o Nobu, mas a comida, que mistura influências da Ásia, Peru e França, é menos estrelada. Nós experimentamos quatro pratos: o ceviche de camarão e uma salada de palmito havaiano para entrada e um magret de canard e confit de carne de porco como prato principal, mas infelizmente, nenhum se destacou.

salada de palmito

O preço de $100 por pessoa com uma garrafa de vinho de segunda, é salgadinho. A minha sugestão? Ir ao Juvia tomar um drink no terraço antes ou depois de jantar no Yardbird ou no Macchialina.

Fotos: divulgação

Miami Spice: barganha culinária

O restaurante DB Bistro do chefe Daniel Bouloud

Comer fora em Miami em agosto e setembro é muito mais gostoso e bem mais barato já que os melhores restaurantes da cidade participam de Miami Spice, um dos eventos mais legais da culinária local. Durante a promocão são servidos menus com entrada, prato principal e sobremesa com preços de $19 ou $23 pro almoço e $33 ou $39 pro jantar. Pra dar uma espiada nos menus, conhecer os restaurantes participantes e fazer reservas, a pedida é visitar o site da promoção, pois alguns restaurantes oferecem o cardápio especial em dias específicos.

Eu dei uma olhadinha na lista  dos restaurantes participantes e fiz uma listinha dos meus favoritos: Azul, Cecconi’s, DB Bistro Moderne, Edge Steak & Bar, Scarpetta e o The Dutch.

Quem tiver em Miami neste período não deve perder. E fiquem de olho no facebook do blog onde estarei incluindo fotos dos restaurantes e dos pratos mais gostosos da promoção.