O melhor pão de Miami

zak-the-baker zakthebaker_sandwichesE nao é exagero. Os pães do Zak the Baker, vendidos em diversos pontos da cidade, são, de longe, os melhores de Miami.

O  Zak é uma daquelas pessoas que se dedicam em fazer uma coisa na vida e em fazê-la perfeitamente. Os pães são preparados de forma artesanal e com receitas criadas pelo Zak, que estudou com alguns dos melhores padeiros da Europa por mais de cinco anos.

Além de vender para os melhores restaurantes da cidade, os pães podem ser encontrados em pontos de venda, dentre eles o Perricone’s Marketplace na Brickell, no Atelier Monnier em Kendall, no Daily Bread em Coconut Grove e no Grazianos Marketplace em Coral Gables. Além disto, você encontra sanduíches preparados com alguns dos pães mais gostosos no Panther’s Coffee em Wynwood (que por sinal vende o melhor café da cidade).

Se você for comprar, eu recomendo o sourdough! E não esqueçam de passer por aqui pra me contar o que acharam.

Anúncios

Passeio Descolado: Arts Walk em Wynwood

wyn

A Miami das praias, baladas e compras é bem conhecida dos brasileiros, mas Wynwood, região situada ao norte de Downtown, continua pouco visitada, embora esteja se tornando um dos bairros mais interessantes da cidade.

Foi a alta dos preços de imóveis em Miami Beach no inicio da última década que levou os artistas para Wynwood, trazendo com eles colecionadores de arte e mais recentemente,galerias de artes, restaurantes e cafés animados, consolidando o bairro como reduto artístico e point da galera jovem.

Vale lembrar que como tudo está meio em construção na região, o passeio não é muito fácil para o turista. Durante o dia, a melhor opção é visitar a Rubell Family Collection ou a De la Cruz Collection, e aproveitar pra almoçar em um dos gostosos restaurantes da região como o Sugarcane ou o Mandolin.

wynwood 1 

Quem estiver em Miami no segundo sábado do mês, pode participar do Arts Walk, quando dezenas de galerias e estúdios localizados nos quarteirões entre as ruas 20 e 36 da North Miami Avenue, abrem suas portas para o público das 18 às 22 horas. O clima é de festa, com DJs, performances e muita animação. O estacionamento na região fica difícil depois das 19 horas, então uma opção legal é pegar o trolley grátis que sai da estação Omni do MetroMover, o metro de superfície que serve a região de Downtown.

trolley

O trolley para bem na esquina da NW 23 St com a NW 2nd Ave, onde fica o estacionamento dos food trucks, os caminhões de comida que continuam na moda por aqui.

IMG_0606

O passeio é bem informal: é so seguir o povo e ir entrando nas galerias ou nos estúdios. Quem preferir um tour organizado, há várias opções, mas todas requerem reservas, que podem ser feitas pelo site da Wynwood Art Walk.

 

 

Passeios grátis em Miami

 

Bakehouse Artist Complex – uma cooperativa de artistas funciona neste prédio localizado bem no meio da Lincoln Road em Miami Beach. As mostras acontecem o ano todo e a entrada é sempre grátis.

Books and Books – Bill Clinton, Anthony Bourdain e Keith Richards são alguns dos autores que já participaram de noites de autógrafos na livraria Books and Books. Com lojas em Miami Beach, Coral Gables, no shopping Bal Harbour e até no aeroporto de Miami, a Books and Books se destaca por ser a única livraria independente da cidade, ou seja, não faz parte daqueles conglomerados como a Borders ou a Barnes and Noble. Os títulos são escolhidos a dedo, o staff sempre tem ótimas indicações e as noites com os autores são um programão.

Wynwood Arts Walk-no segundo sábado de cada mês, as galerias e os artistas da região de Wynwood, um bairro a poucos minutos de Downtown, ficam abertos até as altas horas para o Art Walk, que atrai milhares de pessoas. Eu gosto de começar a caminhada na Snitzer Gallery, uma das melhores da região, e dali seguir a galera, entrando nos estúdios e galerias. Não precisa reservar e a diversão é garantida.

The Wolfsonian–localizado em um dos prédios art-deco mais bonitos de Miami Beach, este museu foi criado pra abrigar uma coleção inusitada de objetos que ilustram o poder do design e exploram o significado da modernidade. São 120,000 objetos tais como livros raros, móveis, posters de propaganda política e objetos industriais, datando do período entre a revolução industrial e a segunda guerra. Toda sexta feira entre as 18 e as 21 horas, o museu fica aberto ao público gratuitamente.

American Exuberance na Rubell Family Collection

Um dos meus museus favoritos em Miami é a Rubell Family Collection, um espaço incrível que abriga uma das maiores e mais interessantes coleções de arte privada dos Estados Unidos. A família Rubell compra arte de baciada e tem um olho apurado pro que há de melhor. A coleção inclui muita coisa que a maioria das pessoas considera um pouco difícil de entender, ou feio, ou ofensivo, ou simplesmente muito grande pra por na sala de visitas.

Eu costumo ir até lá pelo menos três ou quatro vezes ao ano e há sempre uma novidade incrível. Em visitas passadas, tive a oportunidade de ver algumas fotografias ícones da Cindy Sherman e uma instalação da brasileira Adriana Varejão.

Este mês, a exposição American Exuberance mostra obras de 64 artistas com o objetivo de oferecer um comentário sobre a América das últimas décadas e do momento atual. Entre os artistas estão Richard Prince, John Baldessari, Cindy Sherman, Kaz Oshiro, Jeff Koons, Charles Ray, todos americanos, embora alguns não tenham nascido aqui.

Uma ótima pedida pra esta semana do 4 de julho e pra se conhecer alguns dos melhores artistas americanos vivos. A mostra fica aberta até o fim do mês.

Cady Noland, This Piece Has No Title Yet, 1989

Art is Food for Thought and Food Costs Money, 1985
John Baldessari

 

 

Art Wynwood, nova feira de arte

 Há 10 anos atrás, a chegada da Art Basel, que é uma das mais importantes feiras de artes plásticas do mundo, fez de Miami  um dos centros nevrálgicos da arte contemporânea nos Estados Unidos. Além de Basel, a Arte Miami, que também acontece em dezembro, atrai ótimas galerias e um público recorde de compradores. 

Agora, os organizadores da Arte Miami lançam no fim da semana que vem uma outra feira, a Art Wynwood (fiz um post sobre este bairro descolado aqui) . São mais de 50 galerias vindas do mundo inteiro apresentando artistas novos e arte com preços mais acessíveis. Eu dei uma olhada na lista de galerias e vi que duas super legais, a Bernice Steinebaum de Miami e a The Cynthia Corbett Gallery de Londres vão exibir. Eu prometo passar por lá e contar tudo pra vocês. E quem tiver aqui naqueles dias não deve perder! Não é todo dia que a gente pode ver um monte de artista de vanguarda em um lugar só.

Coloquei aqui uma foto que eu tirei do marido durante a Art Miami. Ele estava distraído nesta galeria e eu cliquei. Era uma galeria do Rio chamada A Bendita. Vocês conhecem?