Cultura em Miami: a temporada de ópera de 2013/2014

tosca

Tosca de Puccini sera apresentada em abril de 2014 no Performing Arts Center

Pouca gente sabe que Miami tem uma companhia de ópera que além de apresentar produções de primeira, é uma das mais importantes dos Estados Unidos.

Cantada em língua estrangeira, com enredo muitas vezes incompreensível e público geralmente mais idoso, ópera pode parecer difícil de entender. Mas a beleza da voz humana e a qualidade da música são indiscutíveis e todo mundo entende.

mourning becomes electra

Mourning Becomes Electra, uma das óperas da temporada de 2013/14 em Miami

Quem nunca foi à ópera e gostaria de experimentar, a minha sugestão é se preparar antes de ir. Leia um resumo do libretto, aprenda um pouquinho sobre o compositor e abra o seu coração para a música. Com um pouco de informação, você entenderá melhor a história e se sentirá mais por dentro. A ópera é a mais completa das artes cênicas e uma experiência inigualável. Deu pra ver que sou fã?

A temporada de 2013-2014 da Florida Grand Opera traz alguns clássicos do repertório mundial, como Tosca de Puccini, mas também produções das óperas Thais e Mourning Becomes Electra, que são pouco conhecidas. A última foi escrita por um compositor  contemporâneo em inglês (não recomendo para os noviços).

Vale lembrar que ninguém precisa de smoking ou de vestido longo para ir (embora na abertura da temporada haja sempre uma festa de gala). Em Miami, a maioria das pessoas se vestem bem para ir aos espetáculos, mas sem muita afetação.

Para saber mais e comprar ingressos, visite o site www.floridagrandopera.com.

Anúncios

Pensa que a gente só vive de compras em Miami?

Eu ando falando tanto de moda e compras (vocês pedem!!) que parece que é so isso que eu faço. Mas nao é nao! Quer prova? Acabei de receber meus ingressos pra temporada de ópera, que em Miami vai de novembro a abril (clique aqui pra ver as datas de apresentação de cada ópera). Eu tenho assinatura e tento ir a todas as ópera, um programa que recomendo, mesmo pra que diz que não gosta mas que nunca foi.

Esse ano a Florida Grand Opera vai apresentar La Bohème, Die Zauberflote (a Flauta Mágica), La Sonnambula e La Traviata, que estão entre as óperas mais conhecidas do repertório lírico e eu prometo que você vai acabar reconhecendo um pouco da música. Os preços dos ingressos começam em $21 dolares, então não tem desculpa de que é caro.

E antes que alguém pergunte, em Miami a ópera não é suuuper chique não. Quer uma ideia do que usar? Essa fotinho abaixo foi tirada na no ano passado (chegamos atrasados e tivemos que esperar no lobby até o primeiro intervalo pra entrar). Gafe!

Evento: comemorando e mantendo tradições

Miami é uma cidade nova, com pouco mais de 100 anos e cujos moradores, em sua maioria, vêm de outras partes dos mundo. Então, aqui, como é  comum em cidades construídas por “forasteiros, ” é dificil manter tradições, principalmente quanto elas são aparentemente anacronísticas.

Eu tenho muito orgulho de participar de uma das organizações femininas mais antigas de Miami, a YPO (Young Patronesses of the Opera), que foi criada há 56 anos atrás a fim de promover a educação musical nas escolas da cidade. O grupo leva ópera as escolas, publica um livro infantil, que ensina musica clássica para as crianças, e doa mais de 100 mil dólares por ano para a companhia de opera de Miami.

Entre os muitos eventos que organizamos durante o ano, o May Luncheon, é um dos meus favoritos pois premiamos uma professora de música da rede pública, escolhida por sua dedicação em transmitir o amor a música clássica para as crianças. A outra razão que faz a festa, é que, mantendo a tradição, as convidadas usam chapéus.

 Nós vivemos em tempos tão casuais, que achei legal mostrar algumas fotos do evento. Quem sabe elas servem de inspiração para vocês criarem uma organização que sirva a sua comunidade. A desculpa de usar chapéu é o bônus!

 

Romeu e Julieta encerra a temporada de ópera

Quem me conhece sabe que eu gosto de música clássica e de ópera em particular e que há anos eu apoio a companhia de Miami, a Florida Grand Opera (FGO). Quem vem a Miami com frequência e ainda não assistiu a uma apresentação, esta perdendo um programão. A FGO existe desde a década de quarenta e grandes estrelas da musica lírica já passaram por aqui. A Opera House fica no Arsht Center for the Performing Arts, um teatro super legal desenhado pelo arquiteto argentino Cesar Pelli. Então se vocês estiverem em Miami no fim do mês, não percam Romeu e Julieta, que vai estar em cartaz do dia 21 de abril a 12 de maio (eu vou na noite de abertura). E pra dicas de como se vestir, já fiz um post aqui.

Vai aqui a ária mais conhecida da ópera, a valsa que Julieta canta após conhecer o Romeu,  interpretada por uma das melhores Julietas de todos os tempos, a Angela Gheorghiu. A orquestra é conduzida por Michel Plasson em uma produção no festival de Orange na França