Miami na baixa temporada

Distrito Art Deco em South Beach

Distrito Art Deco em South Beach

Junho dá inicio a baixa temporada em Miami, quando os preços despencam vertiginosamente, principalmente se comparados ao período que vai do natal ao fim de fevereiro, quando tudo, mas principalmente os hotéis, ficam caríssimos.

Quem está planejando a viagem em julho, vai pagar preços altos para a parte aérea, mas os hotéis, inclusive os melhores, fazem boas promoções. Vale pesquisar, mesmo que, em princípio, seu orçamento geralmente não encaixe hotéis cinco estrelas. Quer alguns exemplos?

mandarin

O hotel Mandarin Oriental, que fica em uma ilhota na Brickell e é um 5 estrelas de primeira (leia sobre o Azul, o restaurante lindo do hotel neste post) está oferecendo um pacote com café da manhã e estacionamento por USD279 por noite.

bentley-beach-club

A praia do hotel Hilton em South Beach

O Four Seasons oferece a mesma tarifa por noite, com café da manhã; e o Hilton Bentley Bay em South Beach, que é um quarto estrelas respeitável, tem diáriasa partir de USD223 por noite. E em alguns dos hoteis mais econômicos, como o The Shelborne (bom para casais jovens) ou o Newport Beachside Hotel (legal para famílias), as tarifas são ainda mais atrativas.

Além das vantagens oferecidas pelos hotéis, quem vem fazer compras, acaba aproveitando as liquidações que começam no início de junho e estão a todo vapor em julho.

Quem deixar a viagem para agosto, tem ainda mais vantagens: o Miami Spice, a promoção anual em que os restaurantes da cidade, mesmo os melhores, oferecem menus a preços fixos, é uma das melhores oportunidades para se experimentar ótimos lugares a preços bem mais baratos do que no Rio ou em São Paulo.

FPO_MIA_113

Bar do restaurante Edge, que participa do Miami Spice

Mas nem tudo é perfeito na baixa temporada. Chove muito durante o verão, com trovoadas homéricas, e há sempre a possibilidade de furacões, principalmente de agosto a setembro. Furacões fortes são raros, mas mesmo os menores acabam causando problemas, e no mínimo estragam as férias. Não há como evitá-los completamente, mas se você estiver na cidade e um furacão estiver a caminho, tente antecipar seu retorno para o Brasil. Se não for possível, siga as recomendações de evacuação do seu hotel ou da polícia local.

O calorão de Miami é sempre complicado em agosto e setembro, mas quem não liga para isto, não deve hesitar. O verão oferece boas vantagens, principalmente para quem vem para fazer compras e aproveitar os restaurantes.

Anúncios