Dicas de Paris para quando você for

paris

Vestidinho da IRO comprado na Le 66

Recentemente, uma conhecida me mandou um email pedindo dicas para uma viagem a Paris. Ela já conhece os pontos principais e nesta viagem queria ir além do Louvre, da Torre Eiffel e dos cafés tradicionais.

Depois de pensar um pouquinho e tentar editar o máximo possível, acabei com uma lista enxuta que deve ser legal para vocês também.

Moda

Le 66 – esta multimarcas fica em uma daquelas galerias bregas do Champs-Élysées. Mas as aparências enganam: a loja é descolada e estoca uma vasta coleção de designers, alguns em começo de carreira, difíceis de encontrar em outro lugar. Impossível não comprar alguma coisa.

montaigne-market-une

Montaigne Market

Montaigne Market – para os amantes da moda, esta butique é o paraíso. Tudo é especialíssimo, combinando as mais luxuosas grifes com designers mais modernosos. É quase um museu! E os preços são condizentes com obras de arte também. Vá preparado para gastar ou aproveite apenas para ver vitrine.

Zadig & Voltaire – quando eu penso na jovem francesa atual, a imagem que me vem a cabeça não é de uma mocinha chique, vestida de tubinho preto e echarpe, mas sim da Charlotte Gainsbourg de jeans preto com camiseta e botinha da Zadig & Voltaire. Se o estilo Jane Birkin, adaptado para o século 21 fica legal em você, dê uma passadinha em uma das lojas desta cadeia (tem uma em cada esquina). Ou compre a marca aqui em Miami (post aqui).

le comptoir

Restaurantes

O Le Comptoir des Relais tem um pouco de tudo: chefe famoso, bons preços, comida deliciosa e clientela que mistura residentes e turistas. A pedida é o menu degustação, único e sem substituições, servido no jantar (as mesas ficam coladas umas nas outras no salão apertadíssimo). Só não se esqueça de reservar com muitas semanas de antecedência, porque entra ano sai ano este restaurante continua sendo um dos preferidos da cidade. O almoço, em estilo brasserie, é uma boa opção para quem não conseguir reserva para o jantar.

La Regalade- bistrô gastronômico que atrai turistas, parisienses e executivos da região do 14 arrondisement. O chefe abriu recentemente uma filial, o La Regalade St Honore, servindo a mesma comida para a clientela fashion do bairro e mais conveniente para os turistas.

Le Cinq e L’Atelier de Joel Robuchon- entre os estrelados pelo Michelin na capital francesa, estes dois são os meus favoritos. No Le Cinq você será bem vindo mesmo que seu francês seja macarrônico, tenha crianças na mesa ou seja daqueles que não comem de tudo. O L’Atelier, ano após ano serve um menu impecável, em um ambiente buchichado. Eu prefiro o ambiente mais casual da filial de St Germain (que não aceita reservas e onde você come no balcão). Quem preferir um pouco mais formalidade, deve escolher a filial do Champs Elysees.

jacquemart andre

No museu Jaquemart-Andre

Museus

Jacquemart-Andre: este museu de artes decorativas fica na mansão que pertenceu a Edouard Andre, uma das grandes fortunas da burguesia francesa do século XIX, e de sua esposa, a pintora Nélie Jacquemart. Juntos, o casal construiu uma coleção de arte decorativa inegualável, que vai de móveis a objetos a pinturas e esculturas. Toda vez que estou em Paris, dou uma passadinha lá. O Viscaya em Miami é uma opção semelhante

O Museu Rodin abriga milhares de esculturas, pinturas, rascunhos, tudo assinado ou de alguma forma relacionado a Auguste Rodin. O jardim, onde ficam esculturas conhecidíssimas, como O Beijo e O Pensador, é o destaque.

Hotéis

IMG_0299

Meu apartamento no Four Seasons George V

Pavillion de la Reine – milhares de pessoas passam pela Place des Vosges diariamente sem ver este hotel, que fica em um Hotel Particulier. Pequeno, aconchegante, com suítes bem francesas e serviço simpático, ele é perfeito para viagens românticas (fiquei neste hotel para comemorar uma aniversário de casamento).

fofo

nosso quarto no hotel Relais Saint Germain — apertadinho mas muito fofo

Relais St Germain – um hotel butique com apenas 20 apartamentos bem no coração de St Germain, e que de quebra tem um restaurante badaladíssimo (o Comptoir mencionado acima). Eu fiquei em um apartamento com vista para o Carrefour de l’Odéon, quem embora pequeno, tinha decoração linda e muita luz. Mas como a rua é barulhenta, tente reservar um apartamento no quarto ou no quinto andar.

Four Seasons George V- um dos hotéis palácios de Paris, o George V tem tudo o que você sonha em um hotel parisiense: localização privilegiada, serviço impecável, restaurante estrelado pelo Michelin. Perfeição com preços correspondentes.

IMG_0295

Nosso apartamento no Four Seasons George V

Na minha última viagem a Paris, alugamos um apartamento pelo Airbnb (veja o post aqui). Acho a opção legal para quem precisa de espaço, ou gosta da ideia de brincar de casinha em uma outra cidade. Pessoalmente, eu senti um pouco de falta das mordomias de hotel.

Anúncios

3 thoughts on “Dicas de Paris para quando você for

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s