Um bouquet pro dia das mães ou para todos os dias

Eu não sou a moçinha mais jeitosa do mundo mas vivo me metendo a decorar. Quase todo fim de semana faço pelo menos um arranjinho de flores pra alegrar a casa. Tudo muito simplesinho, usando flores compradas no supermercado.

Neste fins, faça um pra sua mãe ou pra alegrar a sua casa. Segue o passo a passo:

flor

1. Determine o vaso que irá usar antes de comprar as flores. Normalmente, a maioria das pessoas chega em casa com flores que não cabe em nenhum vaso.

flores3

2. Não há regras quanto ao tipo de flores, mas é sempre melhor usar uma boa quantidade. Bouquet farto fica mais bonito.

flor2

3. Corte as flores cerca de um centímetro acima da altura do seu vaso e componha o bouquet. Use um ou dois elásticos para segurar (um bouquet apertado fica mais bonito do que flores soltas no vaso).

IMG_0911

E pronto! Eu coloquei o meu em uma mesa de centro, sobre alguns livros na minha sala de TV. Gostaram?

IMG_0553

Vestido de crochê

Eu já contei aqui no blog que a minha mãe é supertalentosa, mas desta vez ela se superou com este vestido longo de crochê. A inspiração foram os modelitos da designer Vanessa Montoro que fazem um sucesso enorme com as fashionistas paulistanas. Eu achei tão lindo quanto os dela, concordam?

E antes que eu me esqueça, a rasteirinha deste look é da Schutz.. Achei a coleção de verão deles linda e acabei comprando esta sandália.

IMG_0567

IMG_0594IMG_0543

 

vanessa

Miami by night

Foto noturna tirada com iphone não tem muita graça mas queria mostrar o look que usei recentemente pra ir jantar. O verão acabou mesmo por aqui, então a gente, que passa o ano de roupinhas coloridas, tá tirando os modelitos pretos do armário.

A calça é uma resinada da Zara, que vocês já conhecem daqui, mas o legal é a capinha bordada, neh? A minha é bem velhinha da Temperley London mas você encontra similar aqui.  Um blaser brilhante, como este, faz o mesmo efeito.

O que usar em uma tarde de sábado no calorão do verão de Miami

A butique de bijoux Violet and Grace no hotel Shore Club é uma das minhas favoritas quando eu estou procurando um acessório especial com bom preço. Recentemente, a loja armou uma parceria com outra butique especial, a Curve, um dos únicos locais em Miami que vende marcas francesas cult como a Isabel Marant. Eu resolvi mostrar algumas fotos do evento pra vocês terem uma ideia do que as meninas usam em uma tarde de sábado, no calorão de julho em Miami. Vocês vão ver que o look é leve, colorido e super fácil de imitar.

Ina Lettmann, a dona da butique Violet and Grace e Carolina Gomez.

Look praia e piscina

Em Miami, ninguém vai pra piscina do hotel de biquíni, camiseta e shortinho. O look aqui é mais produzido, sempre com maquiagem e acessórios. Eu sinceramente acho meio demais, mas recomendo dar uma caprichada no visual antes de descer pra piscina, principalmente se você estiver hospedada em um hotel badalado.

Summer Sunday Brunch

Eu gosto de combinar um vestido maxi por cima do biquíni com uma Havaiana ou uma rasteirinha com pedrarias. A maquiagem deve ser super light e eu costumo misturar um pouquinho de base com hidratante pra aplicar em cima do filtro solar. A coleção Miami2012 da marca Bobbi Brown, em tons de dourado e pinks, é perfeita pra praia e piscina.

Evento: comemorando e mantendo tradições

Miami é uma cidade nova, com pouco mais de 100 anos e cujos moradores, em sua maioria, vêm de outras partes dos mundo. Então, aqui, como é  comum em cidades construídas por “forasteiros, ” é dificil manter tradições, principalmente quanto elas são aparentemente anacronísticas.

Eu tenho muito orgulho de participar de uma das organizações femininas mais antigas de Miami, a YPO (Young Patronesses of the Opera), que foi criada há 56 anos atrás a fim de promover a educação musical nas escolas da cidade. O grupo leva ópera as escolas, publica um livro infantil, que ensina musica clássica para as crianças, e doa mais de 100 mil dólares por ano para a companhia de opera de Miami.

Entre os muitos eventos que organizamos durante o ano, o May Luncheon, é um dos meus favoritos pois premiamos uma professora de música da rede pública, escolhida por sua dedicação em transmitir o amor a música clássica para as crianças. A outra razão que faz a festa, é que, mantendo a tradição, as convidadas usam chapéus.

 Nós vivemos em tempos tão casuais, que achei legal mostrar algumas fotos do evento. Quem sabe elas servem de inspiração para vocês criarem uma organização que sirva a sua comunidade. A desculpa de usar chapéu é o bônus!

 

Como decorar mesas de centro e consoles

Numa outra encarnação eu quero ser artista, arquiteta ou decoradora, pois sinceramente, nesta vida, eu não tenho jeito pra nada disto. Mas eu sou teimosa, compro um milhão de livros e revistas e estou sempre tentando, mudança as coisas do lugar e “decorando” aqui em casa.

Eu queria dar umas dicas sobre como organizar mesas de centro e consoles, pois todo mundo tem pelo menos um em casa, e quando decorados, eles  ficam super bonitos e cheios de personalidade. E sinceramente, é tão fácil, que até eu sei fazer.

Use uma bandeja- eu gosto muito de bandejas e tenho várias espalhadas pela casa. Se você tiver uma mesa de centro grande, uma bandeja serve como foco e cria a base para a composição. Eu tenho um pufe enorme na minha sala e uso uma bandeja para contraste, pois o pufe é super feminino.

Organize grupos- é importante criar grupos de objetos similares, sejam livros, caixas ou porta retratos.

Alto e baixo- inclua elementos de várias alturas para criar interesse visual, mas cuidado para não obstruir a visão.

Texturas diferentes- eu acho legal misturar texturas diferentes, madeira, metal, vidro e não tenha medo de combinar cores ou acabamentos contrastantes, como dourado e prateado.

Personalidade e souvenirs- eu incluo pelo menos um elemento especial em cada composição, seja uma foto de uma viagem ou um livro preferido.

O mais importante é  saber que não há regras e experimentar é parte do processo. Eu mudo tudo constantemente de lugar e estou sempre adicionando uma coisinha nova.

Look do dia: tweed e camuflagem

Eu tirei esta calça do fundo do baú e andei usando nos últimos dias. Fazia tanto tempo que eu não usava que parece nova. Hoje, criei um look simples, perfeito pra bater perna em shopping (como diz a minha mãe).

Acordei meio amassada !!

O que eu gosto neste look é a mistura de estampas onde a calça camuflada contrasta com o tweed, bem comportado e mais tradicional. Tweed é um tecido que eu gosto muito e que é perfeito pro outono no Brasil. Se a jaquetinha fosse preta ou de couro, o look ficaria muito mais previsível, né?

O que vocês acham da combinação?

Calca: Carmin (velhinha)

Camiseta: Gap

Sapato: Schultz (comprado no começo do mês em SP)

Dicas pra quem acha que não tem roupa

Quem não abre o armário pelo menos uma vez por semana e acha que não tem nada pra vestir? Geralmente, o problema não é falta de roupas, mas falta de organizar tudo de uma forma legal e fácil de achar. As roupinhas que ficam no fundo da gaveta sempre acabam esquecidas, e já diz o ditado, longe dos olhos…

Há algum tempo atrás, eu resolvi dar uma geral no meu armário e organizá-lo da melhor forma possível como uma lojinha — a butique da Eve. A fim de fazer o mesmo? Adote algumas destas dicas:

1. Trate o armário como uma sala da sua casa- pendure um lustre bonito, pinte as paredes com uma cor feminina ou coloque papel de parede no interior. E se você tiver espaço, coloque um tapetinho no chão.

2. Se for bonito, deixe pra fora- ganhou um presente em uma caixinha linda? Coloque na prateleira como decoração. Eu gosto de  organizar várias caixinhas da mesma marca para maior impacto.

Os seus sapatos estão escondidos dentro de caixa? Tire das caixas ou substitua por caixas transparentes. Eu joguei fora todas as caixas e mandei construir prateleiras abertas para os meus sapatos. Agora eles ficam expostos, como em uma loja.

3. Organize por cores – primeiro separe por tipo de roupa e depois por cor e pendure similares. E nunca misture cabides, pois a uniformidade faz o armário ficar bonito. Cabides de madeira são lindos, mas como eles ocupam muito espaço, eu prefiro cabides fininhos. Quando vier a Miami, ou aos Estados Unidos, procure os huggable hangers encontrados na Container Store.

4. Organize os acessórios em uma gaveta – eu tinha acessórios espalhados pela casa toda. Agora, tenho duas gavetas revestidas especificamente pra guardar os meus badulaques. Você pode improvisar usando um daquelas bandejas pra guardar talheres, pois elas foram feitas pra caber dentro de gavetas e deixam tudo organizado e fácil de achar.

Coloque suas coisinhas em bandejas para talheres dentro de gavetas

5. Crie a sua “bandeja do dia a dia”- eu tenho uma bandeja no meu quarto onde eu revezo as minhas bijoux e outras coisinhas. Quase todo fim de semana eu dou uma atualizada nela, colocando um esmalte que eu quero experimentar, trocando um colar, etc. Vale enfeitar esta bandeja com um vidro de perfume ou uma vela cheirosa, pois ela vira decoração.

6. Abuse de caixas transparente – eu tenho um monte destas caixas transparentes no meu armário. Eu prefiro as que abrem pela frente, funcionando como gavetinhas onde eu guardo carteiras de mão, bolsinhas pequenas e cintos.

Que tal meninas e meninos, vocês encaram dar uma organizada no closet?

Decorando com a Lonny magazine

Eu tenho pouco talento pra decoração mas é uma das coisas que eu adoro. Além de assinar um número enorme de revistas sobre o assunto, eu costumo achar inspiração, idéias e produtos através da Lonny, uma revista online que apesar de linda, mostra ambientes acessíveis, sem aquela perfeição exagerada da maioria das revistas. E o melhor de tudo? É de graça! Clique aqui pra visualizar.